IBGE: População de Rio Preto chega a 460.671 habitantes | ACIRP


01/09/2019

IBGE: População de Rio Preto chega a 460.671 habitantes

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na quarta-feira, dia 28/08, as estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros, com data de referência em 1º de julho de 2019. Estima-se que o Brasil tenha 210,1 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento populacional de 0,79% ao ano, apresentando queda do crescimento quando comparado ao período 2017/2018, conforme a Projeção da População 2018.

De acordo com o relatório, São José do Rio Preto chega a 460.671 habitantes, contra 456.245 na projeção divulgada no ano passado, diferença de 4.426 pessoas, o que representa um crescimento de 0.97%.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Negócios de Turismo, Jorge Luiz Souza, muitas pessoas se mudam para a cidade em busca de novas oportunidades, seja no empreendedorismo ou empregos com carteira assinada. "Somos um polo regional, a maior cidade do noroeste paulista, e isto atrai investidores, grandes empresas e um movimento migratório elevado. Nosso setor de comércio e serviços é amplo e isso atrai as pessoas”, afirmou o secretário.

Além disso, o secretário de Planejamento, Israel Cestari, também atribui o crescimento da cidade às condições de vida da população. Ele destaca que, segundo o IBGE, Rio Preto é a 51ª cidade com maior população do Brasil e a 12ª do Estado de São Paulo. De acordo com o Índice de Gestão Municipal (IDGM), elaborado pela Macroplan, somos o terceiro melhor município para se viver no Brasil.

No novo Ranking do Saneamento Básico, divulgado pelo Instituto Trata Brasil, Rio Preto aparece em 7º lugar entre os municípios com a melhor qualidade de serviço de saneamento oferecido à população entre as 100 maiores cidades. Rio Preto também é considerada a segunda melhor cidade do país com mais de 100 mil habitantes em governança, segundo o Índice de Governança Municipal IGM-CFA, lançado pelo Conselho Federal de Administração com auxílio técnico do Instituto Publix para o Desenvolvimento da Gestão Pública.

No índice geral a cidade atingiu a nota 8,49, ficando atrás apenas da cidade de Indaiatuba, também no Estado de São Paulo, que alcançou a nota 8,7.O IGM-CFA consiste em uma métrica da governança pública nos municípios brasileiros a partir de três dimensões: Finanças, Gestão e Desempenho, considerando áreas como saúde, educação, gestão fiscal, habitação, recursos humanos, transparência, violência dentre outras.

“Com índices positivos é natural que as pessoas queiram morar aqui. Além disso, também estamos entre as 20 melhores cidades do Brasil para se fazer negócio e recentemente recebemos o 1º lugar no programa Município Verde Azul. Temos qualidade de vida, saúde, educação, saneamento e administração confiável. Tudo isso só é possível com muito planejamento e boa vontade no serviço público”, afirmou o prefeito Edinho Araújo.

 

Outros dados

Dos 5.570 municípios do país, 28,6% apresentaram redução populacional. Aproximadamente metade (49,6%) dos municípios tiveram crescimento entre zero e 1% e apenas 4,8% (266 municípios) apresentaram crescimento igual ou superior a 2%.

O grupo de municípios com até 20 mil habitantes apresentou, proporcionalmente, o maior número de municípios com redução populacional.

Já no grupo de municípios entre 100 mil e um milhão de habitantes, está presente a maior proporção de municípios com crescimento superior a 1% ao ano. Os municípios com mais de um milhão de habitantes concentram crescimento entre zero e 1% ao ano.

As populações dos municípios foram estimadas por procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos munícipios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010) e ajustadas. As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010.

A tabela com a população estimada para cada município foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) de hoje, 28/08/2019. A nota metodológica e as estimativas das populações para os 5.570 municípios brasileiros e para as 27 unidades da federação podem ser consultadas à direita.