Programa Nexos prorroga prazo de inscrição | ACIRP


12/05/2019

Programa Nexos prorroga prazo de inscrição

O programa Nexos, desenvolvido pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e pela Anprotec (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores).teve o prazo de inscrição ampliado, agora, com a adesão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC), que formalizou apoio institucional à iniciativa . O ingresso do Governo Federal amplia o alcance e confere mais robustez ao programa. “O Ministério é responsável pela gestão de três dos cinco instrumentos fiscais de apoio à inovação priorizados no Nexos: Lei do Bem, Lei de Informática e Rota 2030. Essa chancela mostra que a proposta de valor do Nexos está alinhada com os objetivos estratégicos do Governo”, explica o analista do Sebrae, Krishna de Faria. “Para que possamos potencializar os resultados, optamos por estender o período de inscrição para as médias e grandes empresas interessados em participar”, afirma.

O programa já conta com mais de 50 ambientes de inovação para o suporte técnico e gerencial aos pequenos negócios inovadores, oferecendo infraestrutura operacional, além de mentorias e qualificação para o correto desenvolvimento das tecnologias que serão contempladas no âmbito do programa.

Uma delas é a Biominas, localizada em Belo Horizonte, que trabalha na área de biotecnologia. “O Programa Nexos tem uma proposta de valor diferenciada e para a Biominas é muito bom participar desse movimento”, afirma Tatiana Maria Loiola Silva, da incubadora mineira. A intenção, segundo ela, é trabalhar na área voltada para as ciências da vida e com biodiesel. Já Filipe Pessoa, do Cesar - Centro de Estudos e Sistemas Avançados de Recife, aceleradora qualificada para participar do Nexos, está confiante nos resultados que estão porvir. “Nossa competência tecnológica pode gerar diferenciais sustentáveis para as startups contempladas”.

Nexos

O objetivo do programa Nexos é contribuir para a inovação aberta e ampliação da competitividade empresarial dos pequenos negócios por meio do aperfeiçoamento de tecnologias emergentes, desenvolvimento de novos produtos, processos e modelos de negócios. Além disso, a proposta é também fomentar o uso de recursos fiscais de apoio à inovação a partir da aproximação entre as startups inovadoras e médias e grandes empresas, além de fortalecer o papel dos ambientes de inovação no processo de preparação e capacitação dos pequenos negócios. “Um dos principais diferenciais do Nexos é assessorar as empresas em como enquadrar seus investimentos nos instrumentos fiscais”, explica Philippe Fauguet, analista do Sebrae.

Os investimentos nas startups pelas médias e grandes empresas serão realizados em escala variável de R$ 100 mil até R$ 250 mil por projeto dedicado de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), já inclusas as taxas administrativas e impostos de qualquer natureza. Os valores podem sofrer alterações mediante solicitação e justificativa da empresa patrocinadora.

Mais informações em sebrae.com.br/nexos